segunda-feira, 16 de julho de 2007

Vivências... 02


Só vejo além...

O presente, dizias, não existe!
Só o passado e o futuro.

O presente não existe e ainda bem, recordo apenas todos os cheiros, todos os beijos.
O presente não existe e isso não me é de facto importante, projecto apenas a possibilidade de tudo o que de bom poderei ser, poderemos vir a ser.
O presente não existe e assim, a vivência de agora é mais fácil.
De facto, como o disse hoje pela manhã o Nuno: "Fui tantas coisas que hoje não seria, fiz tantas coisas que hoje não faria mas depois, hoje estou só a construir aquilo que amanhã poderei mudar uma vez que o passado esse, já não o posso refazer!"
Assim é o agora: a transformação da possibilidade de quem pelo menos uma vez num dia, num leve segundo, julgou que tudo estava perdido e que nada havia a fazer...
Nos dias que correm é nesta verdade que assenta a minha sanidade.
E se o Nuno muda e eu vejo a mudança.
Eu mudo ainda que para mim essa mudança seja cega no meu reflexo.
Nuno: não houve possibilidade de hoje lhe dizer que acredito sim!
Que essa "nossa" doença tem cura e que esta estabilidade não é só momentânea... Não tenha mesmo medo de errar... Não é erro, é só aprendizagem para fazer melhor numa oportunidade mais adequada.
Somos o que somos mas, também o que queremos ser...
A mudança será cumprida!

2 sakês:

Thunderlady disse...

Há os que com o erro nada tiram e há os que com o erro aprendem e evoluem.

:)

Me Hate disse...

E deste lado os que erram... e entram em terapia! ;)


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger