quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Imaginário XX

- Posso entrar? Disse eu de forma discreta. Preciso falar acerca de... bem...

Não percebo porque é que é sempre tão complicado dizer o que pensamos. Devia ser o mais simples, dizer o que nos vai na cabeça, e nunca é. Porque não sabemos que ouvidos nos vão ouvir. Não sabemos que olhos olham para nós.

Ao entrar na sala enorme e quase vazia olhei os presentes e antes de dizer qualquer coisa que fosse fiz uma análise rápida do que poderiam eles ouvir da minha mensagem.

Um estava com cara de quem estava desligado do mundo. Provavelmente hoje o som entrar-lhe-ia pelos ouvidos e amanhã fosse perguntar a alguém que é que realmente tinha sido dito.
A outra andava lá, toda atarefada de um lado para o outro. Sempre stressada, com medo que o mundo acabe amanhã sem perceber que se acabar amanhã não vale de nada andar a stressar e mais vale aproveitar.
Havia outro lá no canto, o eterno desconfiado.

Olhei rapidamente para qualquer um deles e pensei que cada um ia ouvir a minha mensagem da sua maneira. Cada um com os seus feitios, cada um com as suas vidas fora dali, cada um com os seus pequenos dramas sempre enormes aos seus próprios olhos, como se de um concurso se tratasse e ganhasse quem pior vida tinha.

O certo é que nem sequer era só disso que eu estava cansada. Sabia que me iam perguntar o porquê e esse nem sequer era o grande "porquê", era apenas uma parte de um todo imenso. O certo é que perante toda aquela gente com quem lidei durante tanto tempo nunca seria capaz de enumerar uma razão que não fosse melindrar ninguém apenas porque, só por informar a decisão, alguém iria sentir-se mais susceptível, quem sabe se até mesmo ofendido.

Quanto mais pensava nisto numa fracção de segundo mais me apercebia que tinha resposta à minha pergunta. Que nos custa dizer realmente o que vai na alma porque alguém vai pedir uma justificação, porque alguém vai sempre ler segundo os seus olhos e ouvir segundo os seus ouvidos. É realmente complicado dizer o que pensamos.

Quando consegui a atenção de todos acabei finalmente por dizer que me ia embora.

- Embora?
- Sim, vim despedir-me.
- Então até amanhã. As melhoras.

E rapidamente voltaram costas. Ela continou stressada como se amanhã o mundo fosse acabar e precisasse ter mil coisas feitas para quando o mundo acabasse seja quem for que viesse depois do mundo acabar ver que ela era eficiente e deixou o mundo arrumado e preparado para o caos que vinha a seguir ao mundo acabar. Eles continuaram os dois sabe-se lá a fazer o quê. Um distraído como se o mundo já tivesse acabado e não soubesse e outro desconfiado. Desconfiado talvez de que o mundo ia acabar e ela não lhe dizia ou então que já tinha acabado e ele não lhe dizia.

Fechei a porta ao sair sem saber se teria efectivamente acabado aquele mundo para mim ou se não.

7 sakês:

ThunderDrum disse...

Gostei, mas não me parece assim tão imaginário...ou será?

Bjos!

htsousa disse...

Estou há 1 dia para tentar comentar isto, mas não consigo. Parece leve, mas é demasiado abrangente para um pequeno comentário.

8 disse...

Para que precisas tu que os outros de escutem? Aquilo que eles possam pensar é assim tão importante?

hibrys disse...

precisamos sempre de falar com alguem, nem que seja com o pai, mãe, amigo, primo, alguem que nos oiça de esperito aberto... o que não nada facil... E gostemos ou não de admitir a opinião dos outros, contam sempre, se não ninguem se preocupava em dizer o que lhe vai na tola. Bem esta excelente, muito profundo:)

Mim disse...

HT, quando estiveres preparado já sabes!

Mim disse...

8, visita nova e comentário novo é sempre agradável, especialmente quando comentam de forma pertinente.

Como disse ontem o Thunder, há mais aqui encerrado do que parece.

Na realidade não me importo de escutam, pensando nisso incomoda-me mais que, não tendo escutado, digam que eu não disse.

:)

Volta sempre!

Mim disse...

Hibrys, obrigada :)

Não quero ser pretenciosa, mas tem mais aqui escrito do que possa parecer.

Bj


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger