domingo, 15 de fevereiro de 2009

Porque niguém morre para mim

Ignorar?

Telefonar? Para dizer o quê?

Atender? Para ouvir o quê?

Faz falta? Não pode fazer falta.

A 1ª dúvida mantém-se, se ignoro morre e isso não é bonito, mas também não pode viver comigo…

A 2ª e a 3ª o que poderei ter para dizer que não tenha dito já e o que poderei ouvir que não tenha ouvido já. Conversa que não me agrada, conversa talvez forçada que espremida é como uma laranja choca. Se houver novidades porque não?

4ª Não pode mesmo. É proibido, mas só para mim é que é proibido. Os outros podem fazer falta, eu não!

(Fonte devidamente identificada)

4 sakês:

mimanora disse...

Ah, acabei de comentar no queeraparanãoternomemas... (que nome mais comprido!)que me estava a apetecer japonês e ele aqui está quase fresquinho;)

Thunderlady disse...

Vês?

agradece a quem pediu emprestada a cozinha, salvou a honra, eheh

pensamentosametro disse...

Há coisas que guardo apenas para me lembrar que não têm importância nenhuma e também para não correr o risco de arriscar novamente.


Bjos



Tita

Me Hate disse...

Ouvi dizer japonês????

OK Estamos lá! ;)


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger