segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Peixe Cru com sabor a humor

Gostava de saber a razão para um país derivar tanto para a insanidade e a pobreza. O desemprego aumenta, as taxas sobem, o governo é uma anedota real. Ninguém está bem, mas ninguém faz nada. Ainda no outro dia estava a falar com o meu amigo Lamelas sobre o assunto e este tem uma das melhores teorias de todas:

- A culpa disto tudo é da Júlia Pinheiro!
- HÃÃÃÃÃ?
- Sim, ouviste bem, da Júlia Pinheiro e dessa gente como ela...
- Tu já tomaste os comprimidos hoje?
- Pensa nisto assim: tu ligas a televisão...já não tens paciência para ver as notícias, porque só falam em bola, a miúda inglesa, os acordos políticos dos países, as dívidas...vês a tua vida a andar para trás...
- E então?
- Então, porra, não é evidente? Tu mudas de canal até encontrares uma alternativa a isso tudo. E sobra-te apenas os programas da Júlia Pinheiro, onde se fala da vida da Manuelinha que perdeu uma perna, e o filho a tentar salvá-la perdeu a falange do dedo mindinho e, afinal, ela até sofria do SIDA, mas como praticou o coito com o vizinho Manuelinho também ficou grávida, e teve de recorrer à prostituição para sustentar o seu vício da droga, apesar do marido ter ido para a França para as obras...
- Jesus...mas continuo a não perceber onde queres chegar...
- Afinal, quem é que não tomou os comprimidos? É simples...ao veres esses casos convences-te de uma de duas coisas: ou existem vidas bem piores que a tua..
- Sim...
- ...ou convences-te que isto já chegou a um ponto tal que, se programas como este são líderes de audiência, o país está perdido e não vale a pena lutar por ele...
- ahhhhhh...pois....és capaz de ter razão...
- É ou não é?
- Vamos tomar um cafezinho?

4 sakês:

elvira carvalho disse...

Cabe-me a honra de ser a primeira.
Então ás vezes penso que o seu amigo tem razão. Isto já chegou a um ponto que já não tem remédio, e não vale a pena a lutar em vão. E é aí que me lembro da estória do cavalo velho que caíu ao poço. Decerto conhecerá a estória, mas de qualquer modo vou relembrá-la.
Certo dia um cavalo velho caíu a um poçoantigo que já tinha secado á muito e que o dono do terreno se esquecera de tapar. O cavalo tanto relinchou que o dono foi ver o que se passava. Como não podia tirá-lo sózinho, chamou uns vizinhos e tentaram tirar o animal,mas como este era muito pesado não conseguiram. Então o dono pensou que como o animal era velho o melhor era deixá-lo lá mesmo. E com a ajuda dos amigos começou a atirar pás de terra para o poço para soterrar o animal.
Este que era velho mas não parvo, cedo de apercebeu do que tentavam fazer. E com as patas da frente começou a escavar a terra e a atirá-la para trás fazendo oum monte para o qual subiu. E a cada nova pá de terra, repetia a operação e subia mais um pouco.
E assim foi procedendo até chagar cá acima e sair do poço.
E como sou mula velha, eu não me deito para que me joguem terra em cima. Continuo a lutar mesmo que existam cem Júlias Pinheiro.
Um abraço

Thunderlady disse...

Acredito que se achamos que algo está mal não podemos estar apenas de fora a criticar e devemos tentar fazer algo. Claro que se pode sempre dizer "ah, e tal, mas eu sou um gajo sem poder nenhum para mudar esta m***a toda."

Mas também se pode fazer algo como não dar audiências a programas como os da Júlia Pinheiro (indo buscar este exemplo). Não vou falar de tais programas porque não os vejo. Vejo muita publicidade, então em bogs nem se fala, a dizer que são ma porcaria e tudo o mais. Mas o que é certo é que em marketing, seja negativa ou positiva, é publicidade e conta.

O mesmo princípio se aplica a outras coisas. E é sempre mais fácil ir a boiar na enchente que nadar contra ela.

Agora.. porque é que o país deriva tanto para a insanidade e pobreza... lol, acho que deve haver por aí muito sociólogo e afins a fazer teses de mestrado e doutoramento nisso e ainda não as conseguiram acabar!

Beijinho

Bellatrix disse...

É verdade que isto está muito mau, mas quero acreditar que ainda se pode mudar alguma coisa.. ou tentar... Porque se não puder ter a menor esperança, então que ando aqui a fazer? quanto aos tais programas, não é novidade, sempre ouve o típico programa para contar desgraças alheias e fazer toda a gente pensar que ainda bem que alguém está pior... e desconfio que sempre haverá... faz parte...

enfim, beijinhos

Dina disse...

É verdade que há sempe vidas piores que a nossa mas também é verdade que não devemos acomodar-nos a situações que não nos agradam apenas porque no meio de tudo o que está mal até estamos mais ou menos. Se todos pensarem assim um dia isto afunda mesmo e aí sim vai ser difícil alguém conseguir nadar até um porto seguro.


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger