quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Concreto I

Eu ainda sou do tempo em que o Bolo-Rei tinha um brinde e uma fava.

Toda a gente olhava muito bem para o bolo antes de cortar a primeira fatia. Todos procuravam atentamente o rasto da fava ou do brinde. Se detectassem o brinde tiravam uma fatia desse sítio. Se detectassem a fava tiravam mais ao lado.

Havia conversas em sussurro à volta da mesa "por acaso já viste onde está a fava?"

Depois de tirada a primeira fatia olhava-se para as duas "frentes" que o bolo tinha visíveis. Os palpites, as apostas.

Eu ainda sou do tempo em que havia quem comesse a fava para não ter que pagar o próximo bolo.

Quando chegava a última fatia e a fava ainda não estava ao pé do bolo essa fatia demorava muito tempo a ser comida. Havia quem a quisesse comer às escondidas.

Para mim era uma espécie de brincadeira.

Às vezes eu ficava com a fava e todos se riam, e eu ria também, porque sabia que era mau, mas não sabia porquê.

A minha avó fazia colecção dos brindes do bolo. Quando me calhava eu ia dar-lhe. Ela ainda tem a colecção lá em casa.

Eu sou do tempo em que só havia um Bolo-Rei na mesa porque eram muito caros.

Eu sou do tempo em que o Bolo-Rei tinha uma fava e um brinde.

Nesse tempo éramos todos mais pobres. Esse é o tempo que eu tenho saudades.

9 sakês:

McLlyr disse...

Também sou do "tempo em que o Bolo-Rei tinha um brinde e uma fava", e receava que a fava calhasse a mim...
No meu caso, os brindes ainda são guardados pela minha irmã mais nova. Há uns meses atrás os vi, e recordei-me da alegria que traziam quem apanhasse o brinde...

Jokas

Aisling disse...

Também tenho saudades desse tempo... Raramente me saía a fava, mas tinha quase sempre a sorte de me calhar o brinde. ;)

Beijinhos

o_cao_que_morde disse...

Venho comunicar que este Blog foi votado para Os Melhores Blogs de 2007

Zaka disse...

Eu ao menos nunca gostei de bolo rei, por isso era a modos que mais um bolo que para ali estava, sem que eu lhe prestasse grande atenção. Lembro-me do brinde que havia sempre alguém que coleccionava e da fava, altura em que todos se riam!
São memórias de natais em Novembro, em Fevereiro, na altura em que o meu pai estivesse em casa e que eu muito gostava!
Hoje o natal é bem mais pobre! Sem crianças, com pais ausentes e com sogro morto! Mas talvez daqui a uns 3, 4 anos, a tendência mude!
Espero que tenhas tido um bom natal!

NETMITO disse...

ESCUTA O SOM MAIS PURO DA TUA VOZ...

Boas festas:)

Midori disse...

Eu não gostava de bolo rei, mas sou do tempo em que me ria e divertia a ver os mais velhos a tentarem esquivar-se à fatia com a dita fava! :) Os tempos mudam, e agora não há fava, mas para compensar Natal que é Natal tem de ter bolo rei, e não passo sem duas ou três fatias! :)

medusa disse...

Também tenho saudades desses tempos...coleccionava os brindes todos!

Azul disse...

Eu?...
bem...eu sou do tempo em que, quem tinha guito para pôr bacalhau na mesa, era rei.
Quanto mais bolo-rei!
Mas isso sou eu, que sou muito intiga!!!

Mim disse...

Andei tão entregue às minhas tarefas de férias que só hoje vim aqui.

E não é que tenho a boa surpresa de ter tantos comentários e de ainda por cima novos conetadores?

Bem vindos e fiquem à vontade. Voltem sempre.

Bjokas e um bom ano para todos!


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger