sábado, 15 de dezembro de 2007

Vivências 14...

Foto: Inácio Silva

Mais um ano que finda...

Estiveram bem no teatro que andámos 1 mês a preparar e sinto um orgulho quase desmedido em vós que hoje, mais do que nunca sinto como minha família... No nosso almoço vi por fim, o sorriso de alguns de vós que desconhecia, reparei na camaradagem e senti, uma imensa felicidade de ali estar, cansada, estourada mas feliz!

Gostava de dizer que os meus "utentes" são quase meus filhos e os meus colegas e chefia quase meus irmãos e pais... sempre fará com que me sinta menos só nos dias que correm... Porém, dizê-lo não seria verdade... ainda que sentido muitas vezes a realidade é uma outra!

Não é grave. Nos dias que correm a verdade é que já pouca coisa importa e isso não é de todo mau... dá-nos uma certa liberdade, uma certa distância de tudo e todos, o que nos torna... não diferentes, não melhores ou piores... apenas mais humanos ainda que, mais distantes dessa mesma humanidade... Não sei bem como explicar... sou assim, um pouco convergente na divergência!

Este ano não foi igual a todos os outros... vivi muita coisa, chorei por muitas razões, ri por muitas situações mas, acima de tudo, encontrei uma nova "Me Hate" e isso vale todas as viagens interiores que este ano fiz ainda que, não tenha feito nenhuma ao exterior... hoje como alguém diria, estou mais perto de ser eu e de saber o que quero... ainda que, amanhã, queira ser mais, anseie por mais e seja mais!

Quero muito que este ano que se aproxima seja o começo disso mesmo, não só para mim... mas para todos vós que fui conhecendo aqui, ali e um pouco mais além...

Até já... como sempre!

ME HATE

7 sakês:

Carpe Diem disse...

Gostei da sensibilidade deste texto e é bonito saber que te estas a encontrar com o teu verdadeiro "eu".

Foi pena, no final deste ano, o nosso afastamento mas espero que no ano que vai surgir as coisas mudem para melhor... tem sido um prazer poder conhecer-te.

Beijos
Nuno.

Ana Oliveira disse...

Há anos que são mesmo anos de virar a página...com esforço, com garra, com sofrimento e principalmente com a consciencia de que tudo nos aguarda na página seguinte.Acho que vens fazendo isso, devagar mas de forma segura.Espero que o próximo ano mude o que tem de ser mudado mas que nada se perca do que é seres tu como só tu sabes ser!
beijos
Ana

pensamentosametro disse...

Tinha saudades.

Bjos

Tita

Me Hate disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Me Hate disse...

Ana, nunca é mudança se é para pior! Creio que etou em fase de mudança e não de retrocesso... assim sendo, julgo que não perderei o "pé" de quem sou e de quem quero vir a ser...

Me Hate disse...

Tita, obrigada... também confesso que já tinha saudades das "lides"! ;)

Me Hate disse...

Carpe: as pessoas afastam-se, reencontram-se, voltam a afastar-se... enfim, e por razões por vezes menos claras, porém, o nosso afastamento é mais do que claro, tá mais do que explicado... se assim não fosse estaria a trair-me e estaria a adiar um sem numero de descobertas que entretanto fiz. Bem haja para ti!


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger