quarta-feira, 5 de março de 2008

maGIcais ao sushi #5

Distante, guardou no baú
a aliança que a prendia,
arrumou o casamento.

9 sakês:

Mim disse...

...

Fatima disse...

Distante!!????? Arrumou????? A aliança, o casamento, ou o baú?

Maria Bloch disse...

Boas questões, as da Fátima...
E como se arruma um casamento, soltando a aliança?
Será melhor, um casamento sem uma aliança redonda, mas com uma forte e redonda aliança?

LILI disse...

Pois!!!
Será que se arruma como um par de meias??

Fátima disse...

Que grande trinta e um que por aqui vai! Vamos ter a resposta?

Gione disse...

Ai Fátima ... frio e a leste do paraíso, que é como quem diz do 31.

Carpe Diem disse...

Porquê um casamento preso por uma aliança? Por uma convenção? Porque não um casamento resultante do respeito e da liberdade... do sonho e do desejo... da emoção e compreensão?

Beijos e que esse baú não acumule muito mais coisas :)

wednesday disse...

Se cakhar às vezes é mesmo preciso arrumar e pronto... Simplista ou simples?

Lisa's mau feitio disse...

...

E guardou a chave do dito, junto ao peito...

...

Eu gosto de alianças. São convencionais. São-no, de facto.
Mas gosto.
Gosto desse selo de união. União supostamente para sempre.
Nem que seja para mais tarde... Se guardar... Para sempre... Num baú.

Beijos

Lisa

(E eu que até há semanas achava que este blog era de receitas de sushi... E como não gosto mesmo, nem cá entrava... Deus meu... O que eu andava a perder.)


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger