quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Vivências 48


Faz tempo que li um livro que sempre me questionou: inicialmente na sua formula mais simples (se é que isso se pode dizer acerca de um a livro e depois, na sua fórmula mais complexa)...

Não desvendo o livro, não desvendo o enredo para nada se perder até porque... Tudo Arde até até ao fim...

Contudo deixo aqui algo que me deixou, na altura bastante... algo... um pouco, enfim: "perdida"...

"(...) O encontro final entre os dois amigos, em que Henrik toma a iniciativa de tentar encontrar uma explicação para o sucedido há 41 anos atrás, na posse de um diário de Krisztina que tinha falecido 8 anos após o desaparecimento súbito de Konrad, decorre em crescendo de mistério e suspense quanto ao seu desenlace, mormente por o diário nunca ter sido aberto e por várias dissertações e divagações de Henrik quanto ao sentido da vida, ao que está por detrás das relações entre as pessoas e as suas motivações, e a explicação natural, maturada ao longo dos anos, para tudo o que aconteceu. Num silêncio cúmplice, o pensamento de Henrik parece ir de encontro a uma sabedoria de vida revelada por Konrad, em que, os dois por percursos bem diferentes, parecem ter chegado (...)"

2 sakês:

Vekiki disse...

Este livro é muito, muito bonito.
Que bom teres postado um bocadinho dele :-)

Me Hate disse...

Que bom tê-lo lido ao lado de alguém... bem melhor queo livro!!!!!


Blog Design by ThunderDrum. Based on a Blogger Template by Isnaini Dot Com and Gold Mining Companies. Powered by Blogger